Otorrino SC | Perda de Audição
360
page-template-default,page,page-id-360,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive

Perda de Audição

Destaques do Currículo

Endoscopic Ear Surgery – Dissection Course,  Boston, USA

Realizou treinamento em Videocirurgia endoscópica de ouvido em Harvard nos Estados Unidos em 2016.

Visiting Physicians Program, Los Angeles, USA

Realizou estágio de Otologia e Cirurgia de Base de Crânio no House Ear Institute nos Estados Unidos em 2008.

Stage in Otologic and Neurootologic Surgery, Marseille, France

Realizou estágio de Otologia e Cirurgia Neuro-otológica no Hôpital Nord na França em 2007.

Sesiones Médico-Quirúrgicas en Otorrinolaringologia, Barcelona, Espanha
Realizou estágio de Otorrinolaringologia no Hospital Vall d’Hebron na Espanha em 2007.

  • Frequentou o Curso Avançado de Cirurgia Otológica e Base Lateral de Crânio em S. Paulo em 2005.
  • Frequentou o I Curso Multicêntrico de Implante Coclear em S.Paulo em 2005.

Frequentou a 13ª Conferência Internacional de Implante Coclear e Outras Tecnologias Auditivas Implantáveis em Munique, Alemanha, em 2014

Frequentou a 12ª Conferência Internacional de Implante Coclear e Outras Tecnologias Auditivas Implantáveis em Baltimore, Estados Unidos, em 2012

Frequentou o 10º Simpósio Europeu de Implante Coclear Pediátrico em Atenas, Grécia, em 2011

O que é?

É a redução parcial ou total da capacidade de ouvir e/ou entender os sons. Pode se iniciar de forma gradativa ou abrupta em um ou ambos os ouvidos. A maioria dos casos de perda de audição pode ser tratada, logo um médico Otorrinolaringologista deve ser sempre consultado para avaliação.

Causa

As causas são diversas. As principais são o cerume, otites, perda pela idade, exposição a ruídos, toxicidade por medicamentos, traumas, meningite, otosclerose, malformações, genéticas, tumores, dentre outras.

Avaliação

Todo paciente com dificuldade de ouvir ou entender, que aumenta o volume da TV, que pede com frequência que se repita o que foi dito, crianças que não falam corretamente, que demoram para começar a falar ou com dificuldade escolar devem ser avaliados por um médico otorrinolaringologista.
Na avaliação o médico irá conversar com o paciente ou seu familiar, examiná-lo e, se necessário, solicitar exames complementares como audiometria, imitanciometria, emissões otoacústicas, tomografia computadorizada, ressonância magnética, teste de processamento auditivo central, testes genéticos, exames eletrofisiológicos (eletrococleografia, potencial evocado de tronco auditivo).  Somente após a correta avaliação para o diagnóstico da causa e do tipo de perda de audição, alguma forma de tratamento será prescrita como retirada de cerume, medicamentos, terapia fonoaudiológica, aparelhos auditivos ou cirurgias (timpanoplastia, reconstrução de cadeia ossicular, estapedotomia, próteses auditivas cirúrgicas, implante coclear.